Skip to content

Inauguração do Espaço Mais Cultura em Florianópolis

Outubro 22, 2011

Ana de Hollanda chegou discreta à Casa Brasil, no centro de Florianópolis, na manhã nublada de quinta-feira (20). A ministra passeou desapercebida pela aglomeração de pessoas no pátio do prédio, transitou entre os que estavam parados por ali sem chamar a atenção. Uma estudante de Jornalismo que estava fazendo uma reportagem sobre a inauguração do Espaço comentou em choque com a colega “Você viu que a ministra passou por aqui e ninguém reconheceu?” – ou Ana de Hollanda está com o Ibope mais baixo do que o esperado ou o pessoal presente para a cerimônia estava desatualizado.

Entre o prefeito Dário Berger e figurões conhecidos do cenário político-cultural da cidade – Presidente da Fundação Catarinense de Cultura Joceli de Souza, Secretario de Educacão e Superintendente da Fundação Franklin Cascaes, ex reitor da UFSC, Rodolfo Pinto da Luz – estavam o cineasta Zeca Pires representando o reitor da UFSC, o organizador do FAM Antonio Celso, 16 líderes comunitários do Maciço do Morro da Cruz, representantes de ONGs e agentes culturais. Um público de  cerca de 100 pessoas lotou o auditório da Casa.

“O MinC trabalha com a pulverização de ações porque aborda as especificidades locais”, explicou Ana de Hollanda em seu discurso que não poupou elogios às parcerias com a Prefeitura Municipal e aos projetos integrados ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC). A ministra citou ainda o plano nacional de banda larga e a importância de aliar cultura a novas formas de tecnologia – um contrassenso no prédio que não dispõe de uma rede wireless de acesso livre.

As obras na infraestrutura do Espaço Mais Cultura custaram 750 mil reais. Quatro salas foram reformadas, sendo uma delas um estúdio para gravação de áudio e 30 novos computadores foram adquiridos. O local está preparado para receber até 90 pessoas por dia, com prioridade de atendimento para os moradores das comunidades do Maciço do Morro da Cruz. Os cursos ministrados serão desenvolvidos em parceria pedagógica com o SENAC e com as fundações Vidal Ramos e Franklin Cascaes.

Na onda da cultura digital é modismo falar em políticas públicas e e inovaçoes pautadas em novas tecnologias. Mas, novamente, o discurso do ministério e prefeitura aparecem rasos… até as ostras entraram no balaio.

Quer visitar a Casa Brasil? É na Rua Vitor Konder, 321, no Centro de Florianópolis. Telefone para contato: (48) 3222.6946.

por Isadora Machado

Anúncios
One Comment leave one →
  1. Outubro 22, 2011 20:03

    triste triste
    um monte de gente cretina junta:
    ana de hollanda, dário berger & suas corjas…

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: