Skip to content

#sonorizando: Bandinha Di Dá Dó

Novembro 23, 2011

No palco ou na lona de circo, palhaço é palhaço e vive como um ser pulsante, que faz aquilo que os outros só desejam fazer, sua vida corre em um ritmo próprio. O palhaço é aquele que sonha e faz os sonhos transbordarem pelos poros, faz o sonho virar realidade, mesmo que por um segundo. Cotoco, Teimoso Teimosia, Horizonte e Zé Docinho são palhaços, mas eles são palhaços especiais, são palhaços que escolheram a música como caminho para a expressão desses desejos e sonhos.

A Bandinha Di Dá Dó nasceu do encontro de Mauro Bruzza, Ed Lannes, Thiago Ritter e Paulo Zé Barcellos. Todos trabalhavam num grande fluxo entre música e teatro, fazendo trilhas sonoras para espetáculos e em 2005, surgiu a idéia de criar uma banda para o espetáculo Cabaret Valentin, e foi assim que tudo começou, nesse contexto teatral e, aproveitando que já havia o respiro entre a música e a lona, criaram a denominação clown music!

As influências vêm da música psicodélica, do punk, do rock, da música que embalava os cabarés. Toda essa mistura deu pano pra manga e eles criaram um grande repertório de músicas autorais, sejam instrumentais ou cantadas. As músicas, que falam sobre a vida na estrada, homenageiam os artistas mambembes e celebram a vida e a música.

A clown music é energética e pra cima, é muito impossível ficar parado durante o show, enquanto os acordes te puxam para dançar e pular como se fosse carnaval. O público que vai ao show é conduzido por uma corrente de energia crescente, acompanhando músicas e coreografias junto com os músicos e compartilhando o momento do espetáculo com muita entrega. É uma conexão entre palco e platéia que não se vê por aí todos os dias. O show é altamente performático. A presença dos músicos, vestidos com os figurinos de seus palhaços e atuando enquanto estão no palco, chama atenção e faz com que o show não seja só mais um na multidão.

O quarteto tem muita estrada percorrida já. Conhecidos do público do Psicodália e de outros festivais pelo interior de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul, viajaram dom o Palco Giratório do SESC, a Semana do Palhaço em Minas Gerais, além da presença no Macondo Circus, organizado pelo Coletivo Macondo, em Santa Maria. Sempre que é possível, eles gostam de estar na estrada, apresentando sua clown music para quem ainda não foi apresentado.

A primeira vez que a Bandinha pisou em Floripa, foi a convite do Cardume, no Grito Rock desse ano. O show ficou na memória de todos os presentes como uma apresentação catártica e frenética, aonde o público, por mais que não conhecesse bem a banda, dançou, cantou e comemorou o show inteiro.

Semana passada os quatro estiveram aqui novamente, quando o palhaço Cotoco foi convidado pele festival Ri Catarina para apresentar a sua performance individual, o Homem-Banda. Teimoso Teimosia, Horizonte e Zé Docinho não quiseram ficar de fora de um importantíssimo encontro de palhaços e pularam junto na van, trazendo seus instrumentos e equipamentos, prontos para tocar aonde houvesse público querendo ouvir sua música.

Três shows foram realizados semana passada, um no querido inferninho Taliesyn, outro numa apresentação com direito a dança na chuva, no nostálgico Canto do Noel e o terceiro em plena Rua Felipe Schimidt, na famosa Esquina Democrática. Cada show teve um público grande e diferente e a Bandinha conseguiu, novamente, deixar sua música na lembrança das pessoas.

texto por Nina Bamberg  | fotos por Júlia Albertoni

Anúncios
2 comentários leave one →
  1. Dezembro 17, 2011 02:57

    vcs sabem se a bandinha qui dá dó tem algum site ?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: